Os shows, idealizados pelo bandolinista Daniel Migliavacca, irão homenagear compositores curitibanos que se dedicaram e se dedicam ao choro

O bandolinista Daniel Migliavacca, idealizador do projeto “História do Choro”. Foto: Divulgação

Nos dias 3 e 4 de dezembro, às 20h, acontecem os últimos concertos da série “História do Choro”, idealizada pelo bandolinista Daniel Migliavacca. Para fechar o projeto, os shows farão uma homenagem aos compositores curitibanos que se dedicaram e se dedicam ao choro. Os músicos convidados serão Sérgio Albach (clarinete e clarone), João Egashira (violão), Julião Boêmio (cavaquinho) e Ricardo Salmazo (percussão).

Esses concertos fecham uma série de seis concertos diferentes, que trouxeram músicos de várias cidades e lotaram a plateia do Teatro Paiol. A série já homenageou os primeiros chorões, Ernesto Nazareth, Pixinguinha, Garoto, Waldir Azevedo, Jacob do Bandolim e Luperce Miranda.

Considerada a primeira música urbana tipicamente brasileira, o choro é um dos gêneros da música popular brasileira de maior prestígio no exterior, porém, pouca gente conhece a sua história e sua importância no Brasil.

Idealizador do projeto, o bandolinista Daniel Migliavacca é um dos jovens representantes do choro e do bandolim no Brasil. Se destaca em diversos projetos como instrumentista, compositor, arranjador e diretor musical. Já conquistou prêmios pelo Brasil como instrumentista e compositor, e possui cinco álbuns próprios, além de inúmeras participações em outras produções.

Os ingressos estão à venda por R$10 (inteira) e R$5 (meia-entrada) e podem ser adquiridos nas bilheterias do Teatro PaiolCapela Santa Maria ou no site do Alô Ingressos (no site é cobrada uma taxa de conveniência). O Teatro Paiol fica na Praça Guido Viaro, s/nº – Prado Velho.

SERVIÇO: Daniel Migliavacca convida Sérgio Albach, João Egashira, Julião Boêmio e Ricardo Salmazo para show dedicado ao Choro Curitibano.
Data: 3 e 4 de dezembro
Horário: 20h
Local: Teatro Paiol | Praça Guido Viaro, s/nº – Prado Velho
Ingressos: R$10 (inteira) e R$5 (meia-entrada) – à venda nas bilheterias do Teatro PaiolCapela Santa Maria ou no site do Alô Ingressos (no site é cobrada uma taxa de conveniência)