Dra. Pet: Tire suas dúvidas sobre problemas dermatológicos nos pets

///Dra. Pet: Tire suas dúvidas sobre problemas dermatológicos nos pets

Aprenda a identificar os sinais das doenças de pele em cães e gatos


Por Jacqueline Felippetto

O calor excessivo, umidade, chuvas, contato com outros animais e passeios na praia são fatores que propiciam as doenças de pele em cães e gatos. Hoje, vou responder as três principais dúvidas que os tutores têm sobre as doenças de pele nos pets.

Como saber se meu bichinho está com problema de pele?
Muitas vezes os tutores demoram a perceber os sinais e sintomas. Os mais comuns são coceira intensa, descamação da pele, vermelhidão, queda excessiva de pelos, áreas sem pelo, odor forte da pele e mordedura no local da área afetada.

As doenças de pele dos animais podem ser transmitidas para humanos?
Sim! Todo o cuidado é pouco em relação a isso. Existem as micoses que são causadas por fungos. A mais grave é a esporotricose transmitida pelo gato. A sarna sarcóptica causada por um ácaro também é comum, causa uma coceira intensa e vermelhidão na pele e o cão contaminado pode transmitir esse tipo de sarna.

Quais são as doenças de pele mais comuns nos pets?
As mais comuns são sarna sarcóptica (cães), sarna notoedrica (gatos), sarna demodecica, micoses, dermatite úmida aguda, alergia de contato, alergia alimentar, alergia à pulga, dermatites, piodermites e ainda doenças de causa hormonal.

Se você perceber que o seu animalzinho está começando a ter problemas de pele, leve-o imediatamente para fazer uma consulta veterinária. Muitas vezes, é necessário fazer exames complementares para o tratamento específico da doença. Em alguns casos, o tratamento pode ser prolongado, exigindo medicação diária, banhos, medicamentos injetáveis e acompanhamento direto do proprietário e do médico veterinário. Quanto mais cedo for diagnosticado o problema dermatológico do pet, mais fácil o tratamento.

Dica importante
Tudo pode começar com uma simples coceira, por isso, a importância de observar sempre seu animalzinho e ficar atento a qualquer alteração na pele dele. Sempre consulte um médico veterinário e nada de medicar por conta própria!

 


Jacqueline Felippetto é médica veterinária e atua na área de animais de companhia. Há quase 20 anos, participa de programas de televisão para dar dicas de como cuidar de bichos de estimação, que também são compartilhadas no canal do Youtube, Bichos na TV.

2019-08-22T17:38:05-03:00 22 agosto - 2019 |0 Comentários

Deixe uma resposta