Os bichos de estimação também podem sofrer com dor de dente e outros problemas dentários

Foto Ilustrativa ShutterStock


Por Dra. Jacqueline Felippetto

Você sabia que os pets também podem apresentar problemas dentários? É muito importante cuidar da saúde bucal do seu animalzinho. Eu entrevistei o médico veterinário Dr. Ricardo Batista, que é proprietário da Dentalvet, no Rio de Janeiro, uma clínica especializada no tratamento odontológico dos animais. Ele esclareceu as principais dúvidas que as pessoas costumam ter sobre os dentes de seus. Confira!

Dra. Jacqueline Felippetto – Como uma pessoa pode perceber que o seu pet está com dor de dente?
Dr. Ricardo Batista – Muitos animais demonstram dor na boca, seja dor no dente ou por outras lesões, como as inflamações, através do comportamento, principalmente na hora de comer ou quando são tocados na boca. Tanto os cães como os gatos passam a pata no focinho e alguns deles diminuem a quantidade de alimento consumido. É importante que os tutores desses animais fiquem atentos para o comportamento diferente que eles podem apresentar.

Dra. Jacqueline Felippetto – Quais os problemas dentários mais comuns nos cães e gatos?
Dr. Ricardo Batista – Sem dúvida, a doença periodontal é a mais frequente entre os cães e gatos. É causada pela placa bacteriana que se forma na superfície dos dentes. Quando isso ocorre, as bactérias causam a destruição do suporte dos dentes (periodonto), provocando inflamação, halitose e a perda dos dentes. Outras afecções bucais importantes são as fraturas dentárias, fraturas dos ossos da arcada (mandíbula e maxila), doenças auto-imunes e os tumores.

Dra. Jacqueline Felippetto – É necessário escovar os dentes e por quê?
Dr. Ricardo Batista – A escovação dos dentes dos pets é a melhor forma de prevenir as doenças orais, principalmente a periodontite. Como fazemos com os nossos dentes, a escova remove a placa bacteriana e mantém o polimento necessário para impedir que rapidamente se forme nova placa. Portanto, é recomendado que se faça escovação dentária uma vez ao dia e todos os dias com pasta dental para animais. Além disso, é necessário um procedimento de limpeza profilática no dentista veterinário uma vez ao ano. Assim, as doenças podem ser prevenidas ou diagnosticadas com antecedência e tratadas com maior chance de sucesso.

Dra. Jacqueline Felippetto – Geralmente, como é feito o tratamento?
Dr. Ricardo Batista – O procedimento odontológico deve ser precedido de uma avaliação com o dentista veterinário. Além da avaliação bucal, deve ser realizado um exame geral das condições do paciente. Após essa etapa, o procedimento é realizado sob anestesia geral que dura entre 1h30 a 2h, dependendo do que é realizado. As profilaxias (limpezas) são os procedimentos mais simples e são os mais rápidos. São feitos com cavitadores (ultrassom) e curetas semelhantes às usadas na odontologia humana. A radiografia odontológica também é usada para diagnosticar abscesso e outras lesões importantes que causam dor. Portanto, o tratamento é profissional e com a qualidade dos procedimentos realizados em humanos.

Dra. Jacqueline Felippetto – Se os problemas dentários não forem tratados, quais outras doenças podem se desenvolver nos pets?
Dr. Ricardo Batista – Muitos trabalhos de pesquisa em animais, a exemplo dos humanos, demonstram que a falta de saúde na cavidade oral, principalmente doenças causadas por infecções bacterianas diminuem a expectativa de vida nesses pacientes. As bactérias presentes na boca e responsáveis pela doença periodontal também foram encontradas provocando inflamações nas válvulas do coração e alterando a estrutura destas válvulas (endocardite bacteriana). Mas, além do coração, outros órgãos importantes como fígado, rins e os pulmões também podem sofrer com as infecções originadas na boca. Portanto, prevenir as doenças orais também ajuda a manter a saúde geral.

Espero que tenham gostado das dicas a até a próxima!


Jacqueline Felippetto é médica veterinária e atua na área de animais de companhia. Há quase 20 anos, participa de programas de televisão para dar dicas de como cuidar de bichos de estimação, que também são compartilhadas no canal do Youtube, Bichos na TV.