Confira a programação desta semana no Cine Passeio, Cinemateca e Cine Guarani

/, Cinema, De Graça, Eventos Culturais/Confira a programação desta semana no Cine Passeio, Cinemateca e Cine Guarani

Cinemas de rua de Curitiba têm novos filmes em cartaz neste fim de semana

O suspense sueco “Border” é um dos novos filmes em cartaz no Cine Passeio. Foto: Reprodução

O Cine Passeio, Cinemateca e Cine Guarani, cinemas de rua de Curitiba mantidos pela Fundação Cultural de Curitiba, estão com novos filmes em cartaz. Os ingressos variam de gratuito a R$ 16 e podem ser adquiridos nas bilheterias de cada local e, para o Cine Passeio, também estão disponíveis no site ingresso.com.

Confira a programação de cada cinema

Cine Passeio
Rua Riachuelo, 410 – São Francisco
Ingressos: R$ 16 e R$ 8 (meia-entrada). Nas terças e quartas-feiras, o preço é R$ 12 e R$ 6 (meia-entrada)

  • Sala Luz

Horácio
(Brasil, 2019, comédia, 1h26min)
Um contrabandista de 80 anos e apaixonado por seu capanga se desespera ao saber que o amor não é recíproco e que seu mundo está prestes a desmoronar.
Direção: Mathias Mangin
Classificação indicativa: 16 anos
Data e horário: 11 a 17 de abril, às 14h30

Minha obra-prima
(Argentina, 2018, leg, comédia, 1h40)
Arturo é um negociante de arte sem escrúpulos e amigo há muitos anos de Renzo, um pintor com poucas habilidades sociais. Dispostos a arriscar tudo, os dois desenvolvem um plano mirabolante para se darem bem no mundo da arte.
Direção: Gastón Duprat
Classificação indicativa: 14 anos
Data e horário: 11 a 17 de abril, às 16h20

O Tradutor
(Cuba/Canadá, leg, 1h47’, drama)
Trabalhando na Universidade de Havana, um professor de literatura russa é obrigado a trabalhar como tradutor para crianças vítimas do desastre nuclear de Chernobyl quando elas são enviadas até Cuba para tratamento médico.
Direção: Rodrigo e Sebastián Barriuso
Classificação indicativa: 14 anos
Data e horário: 11 a 17 de abril, às 18h15

Border
(Suécia, 2018, leg, drama, 1h47)
Tina é uma policial que trabalha no aeroporto fiscalizando bagagens e passageiros, com uma espécie de sexto sentido, fazendo com que seja capaz de “ler as pessoas”. Isso sempre representou uma vantagem na sua profissão, mas tudo muda quando ela identifica um criminoso em potencial e não consegue achar provas para justificar sua intuição.
Direção: Ali Abbasi
Classificação indicativa: 16 anos
Data e horário: 11 a 17 de abril, às 20h30

  • Sala Ritz

Se a Rua Beale Falasse
(EUA, leg, 1h59’, drama, 2019)
Baseado no célebre romance de James Baldwin, o filme acompanha Tish (Kiki Layne), uma grávida do Harlem, que luta para livrar seu marido de uma acusação criminal injusta e de subtextos racistas a tempo de tê-lo em casa para o nascimento de seu bebê.
Direção: Barry Jenkins
Classificação indicativa: 14 anos
Data e horário: 11 a 17 de abril, às 15h

Um Banho de Vida
(França, leg, 2018, Comédia, 122’)
Bertrand está no auge dos seus 40 anos e sofre de depressão. Depois de usar uma série de medicamentos que não surtiram nenhum efeito, ele começa a frequentar a piscina do bairro em que vive. Lá ele conhece outros homens com histórias semelhantes à sua.
Direção: Giles Lellouche
Classificação Indicativa: 14 anos
Data e horário: 11 a 17 de abril, 17h30

Suspíria – A Dança do Medo
(EUA, leg, 2018, suspense/terror, 2h32’)
Susie Bannion, jovem bailarina americana, vai para a prestigiada Markos Tanz Company, em Berlim. Ela chega assim que Patricia desaparece misteriosamente. Tendo um progresso extraordinário, com a orientação de Madame Blanc, Susie acaba fazendo amizade com outra dançarina, Sara, que compartilha com ela suspeitas obscuras e ameaçadoras.
Direção: Luca Guadagnino
Classificação indicativa: 16 anos
Data e horário: 11 a 17 de abril, às 20h

Sessão Matinê – Salas Luz e Ritz
O menino e o mundo
(Brasil, 2013, animação, 1h25)
Sofrendo com a falta do pai, menino deixa sua aldeia e descobre um mundo fantástico dominado por máquinas-bichos e estranhos seres
Direção: Alê Abreu
Classificação indicativa: livre
Data e horário: 14 de abril, às 10h30

Cinemateca de Curitiba
Local: Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco
Ingressos: gratuitos

Cineclube Atalante 5 Anos: Política das Atrizes – Barbara Stanwyck
Stella Dallas, Mãe Redentora
(Stella Dallas, EUA, 1937 – 105 min.)
Stella Dallas, jovem da classe trabalhadora, casa-se com homem rico e sofisticado. O casal tem uma filha, mas ele pede o divórcio por considerar o comportamento de Stella vulgar. Ela passa a dedicar sua vida à filha, por quem tudo sacrifica e tudo enfrenta, inclusive o desprezo da comunidade.
Direção: King Vidor
Classificação indicativa: 12 anos
Data e horário: 13 de abril, às 15h

Cineclube Atalante 5 Anos: Política das Atrizes – Barbara Stanwyck
Bola de Fogo
(Ball of Fire, EUA, 1941 – 110 min.)
Preocupado com um verbete sobre gírias de uma nova enciclopédia do qual participa, um professor de gramática conhece uma extrovertida cantora de boate, fonte inesgotável de termos popularescos. Procurada pela polícia por seu envolvimento com um gângster, ela se abriga no escritório da equipe de acadêmicos sem contar a eles seu real motivo, provocando diversas confusões.
Direção: Howard Hawks
Classificação indicativa: 10 anos
Data e horário: 13 de abril, às 18h

Cineclube Atalante 5 Anos: Política das Atrizes – Ingrid Bergman
Sob o Signo de Capricórnio
(Under Capricorn, GB, 1949 – 117 min.)
Em 1831, um irlandês vai parar na Austrália para recomeçar a vida com a ajuda do primo, eleito governador. O homem acaba por ir trabalhar na casa de um fazendeiro, cuja bela e estranha esposa surge para dar às coisas um rumo inesperado.
Direção: Alfred Hitchcock
Classificação indicativa: 12 anos
Data e horário: 14 de abril, às 15h

Cineclube Atalante 5 Anos: Política das Atrizes – Ingrid Bergman (sessão dupla)
Ingrid Bergman ou a Galinha
(Ingrid Bergman AKA The Chicken, ITA, 1953 – 16 min.)
Em um curta integrante do filme Nós, as Mulheres (Siammo Donne), Rossellini filma a esposa em casa diante de um dilema: a galinha da vizinha insiste em estragar suas rosas. Bergman enfrenta a natureza mais uma vez em um filme do diretor.
Direção: Roberto Rossellini

Joana D’Arc de Rossellini
(Giovanna d’Arco al rogo, ITA/FRA, 1954 – 80 min.)
Realizado inteiramente em estúdio, Rossellini filma Bergman no papel de seus sonhos: Joana D’arc. E é como um sonho que são mostrados os instantes finais, medos e ansiedades da vida da santa guerreira da França.
Direção: Roberto Rossellini

Classificação indicativa: 12 anos
Data e horário: 14 de abril, às 18h

Cine Guarani
Local: Portão Cultural – Avenida República Argentina, 3430 – Portão
Ingressos: R$ 12 e R$ 6 (meia-entrada)

Tá rindo de que?
(Brasil, 2019, documentário, 95’)
Mesmo diante de toda a brutalidade e truculência da ditadura militar no Brasil, muitos artistas apresentavam-se como resistência utilizando do talento e da criatividade para driblar as imposições da censura na época.
Direção: Cláudio Manoel, Álvaro Campos
Classificação indicativa: 12 anos
Data e horário: 11 a 17 de abril (exceto 15 de abril), às 16h e 19h (dia 13, somente às 16h)

Se ele não acordar
(Brasil, 2019, curta-metragem, 30’)
“Enquanto houver um fio de esperança, continuarei acreditando que no final tudo terminará bem.” Assim pensa Diego (Kesley Ladaninski), rapaz que abdica de quase tudo para proporcionar os últimos melhores momentos da vida de Lucas (Pedro Gaeta), seu ex-namorado que se encontra em estado terminal em razão de um câncer.
Direção: Raphael Pereira
Classificação indicativa: 12 anos
Data e horário: 13 de abril, às 19h

2019-04-15T11:34:16-03:00 15 abril - 2019 |0 Comentários

Deixe uma resposta